Fetiche

el

DISEÑO INDUSTRIAL O PRODUCTO // BRASIL
Carolina Armellini y Paulo Biacchi

www.fetichedesign.com.br

Facebook // Instagram // Twitter

¿Por qué elegiste el diseño como una Carrera en tu vida?
Somos uma dupla: Carolina Armellini & Paulo Biacchi. Somos distintos, somos diferentes, somos complementares. O design surgiu em nossas vidas também de formas diferentes. Para o Paulo surgiu de uma forma mais natural, pois ele já gostava muito de criar, desenhar e inventar histórias. No entanto não imaginava que isso pudesse ser uma profissão. Dividido entre a medicina e o desenho industrial ele precisou optar e assim o Brasil perdeu um grande médico. Já para Carolina surgiu mais como uma curiosidade, uma forma de expressar sentimentos e sensações que ela também não imaginava como materializar. Foi no curso de Desenho Industrial (Projeto do Produto) na Universidade Federal do Paraná na cidade de Curitiba que eles se conheceram, uniram as suas diferenças e criaram a FETICHE® em 2007.

¿En que medida tu crees que ser un diseñador latinoamericano te distingue y destaca de otros diseñadores en el mundo?
Não acreditamos que podemos nos destacar apenas por sermos latino-americanos. Acreditamos sim que podemos ter uma identidade menos comum, menos homogênea comparada a produção europeia ou americana. Somos uma forte mistura de culturas, não somos puros, somos vira-latas. Essa mistura é efervescente, quente, pulsante. Acreditamos que a produção de design latino-americana transmite essa inquietação genética e cultural.

¿Cómo ves el diseño en tu país?
O Brasil está ganhando espaço no cenário do design e arquitetura mundial. Alguns nomes nos levaram a este momento como o Oscar Niemeyer, Sergio Rodrigues, Paulo Mendes da Rocha, Irmãos Campana e mais recentemente o arquiteto Marcio Kogan. Esse interesse volta o olhar para os designers brasileiros emergentes e sob a nossa produção local. No Brasil o design industrial está começando a ser compreendido pelos industriais, pelos lojistas e pelos consumidores, ainda estamos engatinhando, é um processo. Na outra ponta temos um movimento contrário. Um movimento muito menor, claro, que valoriza o feito a mão, que valoriza o processo e que valoriza principalmente a história do produto. Não estamos falando de produtos artesanais de comunidades, não desmerecendo de forma alguma. Estamos falando de produtos feitos por designers em seus ateliers com inovação utilizando o design como processo. São designers criando e produzindo sapatos em baixa escala, são designers que trabalhavam em indústria automobilística e agora desenham e produzem jóias. Acreditamos que seja um movimento sem volta, baseado na sustentabilidade afetiva, na exclusividade, produtos que podem passar de geração para geração, produtos com alma.

¿Cuál es tu fórmula íntima e ideal de trabajo para ser más efectivo al momento de diseñar?
Um briefing bem feito faz muita diferença na performance do projeto. Sem um bom briefing é possível que o projeto não caminhe na linha e não atinja os resultados esperados. A fase de pesquisa é outro funil importante para nós. Ela nos direciona e ao mesmo tempo em que nos joga no campo das ideias impossíveis, também coloca nossos pés no chão. Nesse momento a concentração, foco e um papel em branco são nossas armas.

¿Cuáles son los errores más comunes que cometen algunos diseñadores al momento de encarar un proyecto de diseño?
Não pensar nos objetivos do projeto, do cliente e do consumidor final. Querer fazer um “produto design”. Design não é estilo, design é um processo.

¿Qué consejo darías a una persona que está por elegir esta carrera o empezando a trabajar en ella?
Ganhe experiência antes de abrir seu próprio negócio. Gaste o dinheiro dos outros antes de gastar o seu. Erre na empresa dos outros antes de errar na sua. Seja humilde.

Los 5 libros importantes que todo diseñador debe leer:
Existe mucha literatura al respecto que nos marcó durante la carrera y nos guía actualmente. Si tuvieramos que hacer una selección sería la siguiente:

  • Design: Defina Primeiro o Problema / Jens Bernsen
  • Ergonomia : Projeto e Produção / Itiro Iida
  • Codex Seraphinianus / Luigi Serafini
  • Bloom Brazil / Lidewij Edelkoort
  • Esse não é um livro, é um artigo que influenciou muito a construção do conceito do nosso estúdio FETICHE® : Design, cultura material e o fetichismo dos objetos / Rafael Cardoso Denis

Las 5 personas que todo diseñador debe conocer:

  • Sérgio Rodrigues
  • Chico Buarque de Holanda
  • Jorge Ben
  • Charles and Ray Eames
  • Dieter Rams
  • E tantos outros!

Tu frase motivadora favorita es:

“A inspiração é um diamante bruto, deve ser garimpado e depois da euforia de encontrá-lo ainda é preciso lapidá-lo”.

—FETICHE®

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s